Quando Ismália enlouqueceu,
Pôs-se na torre a sonhar...
Viu uma lua no céu,
Viu outra lua no mar.

No sonho em que se perdeu,
Banhou-se toda em luar...
Queria subir ao céu,
Queria descer ao mar...

E, no desvario seu,
Na torre pôs-se a cantar...
Estava perto do céu,
Estava longe do mar...

E como um anjo pendeu
As asas para voar...
Queria a lua do céu,
Queria a lua do mar...

As asas que Deus lhe deu
Ruflaram de par em par...
Sua alma subiu ao céu,
Seu corpo desceu ao mar...







O autor deste poema é:
 Alphonsus de Guimaraens 
nasceu em Ouro Preto (MG), 
em 1870 e faleceu em Mariana (MG),
 em 1921. Bacharelou-se em Direito, em 1894, em sua terra natal.É Considerado um dos grandes nomes do Simbolismo, 
e por vezes o mais místico dos poetas brasileiros,
 Alphonsus de Guimaraens tratou em seus versos de amor, morte e religiosidade. A morte de sua noiva Constança, marcou profundamente sua vida e sua obra.


Deixe um comentário