A quantos dias penso em você? não recordo-me muito bem, lembro-me de que te vi ali de frente aquela pequena lojinha. Talvez você nem tenha notado que eu estava ali, mas eu notei você, notei seu o sorriso radiante notei o seu olhar.

Os dias que se passaram depois que te vi, não entrei mais você enfrente aquela loja, mas a sua imagem e o seu sorriso perpetuavam em minhas memórias. Tentei livrar-me deles, mas de nada adiantou, foram tentativas em vão, que droga! isso não deveria acontecer.

Enquanto esses pensamentos vinham em minha mente, ao levantar meu rosto, avisto você entrando naquela sala, fiquei sem nem uma ação, apenas te olhei como uma adolescente apaixonada. Senti minhas mãos esfriarem, senti meu rosto esquentar e não defini oque aconteceu, no entanto senti como se algo explodisse dentro de mim.

Sem perceber meus olhos fitavam os seus, naquele momento você esboçou um sorriso e em um fluxo natural também sorri. Você sentou ao meu lado e disse: - Oi! Respondi meio sem jeito, e você falou:
- Estava a sua procura, por que você sumiu?
Fiquei sem entender, ele continuou:
- Deve achar que sou maluco, mas a dias que eu te vi e notei você bem antes de você me ver. Seu nome é Mayla, não é? o meu é Carlos.
Como aquele já garoto sabia sobre mim, isso eu não sei, apenas me sentia bem e confortável ao lado dele.


Deixe um comentário